Revista INFAD de Psicología:  ISSN: 0214-987
2014 (IJODAEP) Nº2, Vol. 1, pp. 37 doi:http://dx.doi.org/10.17060/ijodaep/2014.n2.v1.003

 

Revista INFAD 2014

UTILIZAÇÃO DA TAREFA DE STROOP EMOCIONAL PARA AVALIAÇÃO DO VIÉS ATENCIONAL EM IDOSOS NÃO DEPRIMIDOS E DEPRIMIDOS

Tânia Prata
PhD in Psychology
University of Beira Interior (Portugal)
taniapratta@gmail.com
Graça Esgalhado
Department of Psychology and Education
University of Beira Interior (Portugal)
Estrada do Sineiro; 6200-209 Covilhã – PORTUGAL (Telef.: + 351 275 319 608)
mgpe@ubi.pt

Fecha de recepción: 8/10/2014
Fecha de aceptación: 20/10/2014
Fecha de publicación: 05/11/2014

Introdução: Em constante interacção com os processos cognitivos encontra-se a emoção. No curso do envelhecimento humano verifica-se uma frequência elevada dos estados depressivos (Snowdon, 2001a,b). Resultados de pesquisas põem em evidência que a presença de um estado depressivo determina a forma como um estímulo (neutro vs positivo vs negativo) é selectivamente atendido (Shane & Peterson, 2007) e recordado (Ochsner, 2000). Objetivos: Com este estudo procura-se avaliar a existência de um viés atencional produzido por palavras emocionais em idosos deprimidos e não deprimidos. Metodologia: Participaram 200 idosos com idades compreendidas entre 60 e os 88 anos (M=67.7; DP=6.9). Cento e trinta dos participantes (65%) não apresentaram depressão, ao passo que 70 (35%) apresentaram depressão ligeira e grave, com base na Escala de Depressão Geriátrica (GDS) (Barreto, Leuschner, Santos & Sobral, 2003). Especificamente neste estudo foi utilizada a tarefa stroop emocional (Prata, 2013). Resultados: Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre os dois grupos, sendo que os participantes deprimidos nomeiam menos cores de palavras do que os não deprimidos em qualquer uma das lâminas apresentadas. Conclusões: Os resultados obtidos sugerem que o desempenho dos idosos deprimidos ficou prejudicado devido à presença de um viés atencional, suportando uma relação congruente entre o estado emocional e o processamento atencional selectivo.

Palavras-chave: Tarefa Stroop emocional, víes atencional, depressão, idosos


Introduction: In permanent interaction with cognitive processes is emotion. In the course of human ageing it is verified a high frequency of depressed states (Snowdon, 2001). Research results evidences that the presence of a depressive state determines how (neutral vs positive vs negative) stimulus is selectively attended (Shane & Peterson, 2007) and recollected (Ochsner, 2000). Objectives: With this study it is evaluated the existence of bias attentional produced by emotional words in non-depressed and depressed older people.Methodology: Of the two hundred elderly aged between 60 and 88 (M=67.7; SD=6.9) who participated. One hundred and thirty participants (65%) showed no signs of depression whereas seventy (35%) showed mild and severe depression, with base on the Geriatric DepressionScale(GDS) (Barreto, Leuschner, Santos & Sobral, 2003). Specifically in this study was used emotional Stroop task (Prata, 2013). Results: Significant statistic differences were found between the two groups, with the depressed participants naming less colours of words than the non-depressed ones in any of the blades. Conclusions: The results obtained suggest that the depressed older people performance was impaired due to the presence of an attentional bias, supporting a coherent relation between the emotional state and the selective attentional procedure.

Keywords: Emotional Stroop task,attention bias, depression, older people.

Citación:

Prata, Tânia y Esgalhado, Graça . «Utilização da tarefa de Stroop emocional para avaliação do viés atencional em idosos não deprimidos e deprimidos». International Journal of Developmental and Educational Psychology. N.o2, Volumen 1,(5 de noviembre de 2014): 10. http://dx.doi.org/10.17060/ijodaep.2014/n2.v1.003

Share

La Asociación INFAD es miembro de: